WSoft Sistemas

Sistemas Completos para Automação Comercial.

Há mais de 25 anos a WSoft desenvolve "softwares" para Automação Comercial do Varejo, Atacado, Indústria e Área Médica.





Nossas Soluções


Entre em Contato Conosco

Fale Conosco

Telefones

SP (11) 3672-7011

RJ (21) 3005-0098

BH (31) 2626-1503

(11) 95354-0005 (Vivo)

(11) 95354-0006 (Vivo)

(11) 95760-9705 (OI)

(11) 97072-9195 (Claro)

(11) 97038-7512 (Tim)

O que é SAT CF-e?

SAT significa Sistema Autenticador e Transmissor de Cupom Fiscal Eletrônico modelo 59 (CF-e) e foi adotado no estado de São Paulo para substituir o Cupom Fiscal e a Nota Fiscal modelo 2.

O SAT é um equipamento responsável por gerar e autenticar por meio de Certificado Digital do estabelecimento o Cupom Fiscal Eletrônico modelo 59 (CF-e) e transmiti-lo periodicamente e automaticamente à secretaria de Fazenda (SeFaz) via Internet.

Atualmente somente o Estado de São Paulo adota o SAT CF-e.

O CF-e (Cupom Fiscal Eletrônico modelo 59) só existe na forma eletrônica e sua representação gráfica é denominada EXTRATO do CF-e-SAT e pode ser emitido em impressora não fiscal de bobina térmica de 40 colunas.

O CF-e substitui o tradicional cupom fiscal emitido por ECF (Emissor de Cupom Fiscal). Sendo assim, o CF-e não gera de crédito de ICMS.

O CF-e destina-se somente às operações comerciais de venda a consumidor final, seja presencial ou para entrega em domicílio (delivery), tais como, restaurantes, pizzarias, lanchonetes, farmácias, floriculturas, etc., situação onde estará impresso no EXTRATO do CF-e-SAT o nome do consumidor e seu endereço de entrega, e apenas para operações dentro do Estado.

Para emissão do CF-e é necessário:

• Fazer o credenciamento como emitente de CF-e junto à SEFAZ/SP;

• Possuir certificado digital no padrão ICP-Brasil, contendo o CNPJ da empresa;

• Computador com impressora de 40 colunas com capacidade para imprimir QR Code*;

• Ter acesso a internet via banda larga;

• Um software emissor de CF-e, por exemplo, um dos Sistemas da WSOFT para o varejo que incorpore o módulo correspondente.
A WSoft disponibiliza o módulo SAT-CF-e para todos os seus Sistemas do varejo


O que é NFC-e?

A Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e) modelo 65 é um documento emitido e armazenado eletronicamente, de existência apenas digital, com o objetivo de documentar as operações comerciais de venda a consumidor final (pessoa física ou jurídica) em operação interna, ou seja, dentro do próprio estado.

A NFC-e foi instituída nacionalmente pelo AJUSTE SINIEF 07/2005, cabendo aos Estados sua adoção através de legislação estadual específica.

A NFC-e é representada através de documento impresso denominado DANFE NFC-e (Documento Auxiliar da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica).

A NFC-e substitui a nota fiscal de venda a consumidor modelo 2 e o cupom fiscal emitido por ECF (Emissor de Cupom Fiscal) também conhecido como impressora fiscal. Sendo assim, a NFC-e não geração de crédito de ICMS.

A NFC-e destina-se somente às operações comerciais de venda a consumidor final, seja presencial ou para entrega em domicílio (delivery), tais como restaurantes, pizzarias, lanchonetes, farmácias, floriculturas, etc., situação onde estará impresso no DANFE NFC-e o nome do consumidor e seu endereço de entrega, para uso exclusivo em operações dentro do Estado.

Para emissão da NFC-e é necessário:

• Fazer o credenciamento como emitente de NFC-e junto à SEFAZ de seu estado;

• Possuir certificado digital no padrão ICP-Brasil, contendo o CNPJ da empresa;

• Solicitar o Código de Segurança do Contribuinte (CSC) de produção através do Portal da NFC-e;

• Computador com impressora de 40 colunas com capacidade para imprimir QR Code*;

• Ter acesso a internet via banda larga;

• Um software emissor de NFC-e, por exemplo, um dos Sistemas da WSoft para o varejo que incorpore o módulo correspondente.


O que é NF-e?

A Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) modelo 55 é um documento emitido e armazenado eletronicamente, de existência apenas digital, com o objetivo de documentar operações e prestações comerciais.

A NF-e foi instituída nacionalmente pelo AJUSTE SINIEF 07/2005.

A NF-e substitui a nota fiscal modelo 1 e 1-A em todas as hipóteses previstas na legislação em que esses documentos possam ser utilizados. Isso inclui, por exemplo, a nota fiscal de entrada, operações interestaduais, operações de simples remessa, operações de importação, ou ainda as operações de exportação.

A representação gráfica da NF-e é o DANFE (Documento Auxiliar de Nota Fiscal Eletrônica), impresso em papel comum tamanho A4, em única via, que traz em destaque o código de barras da chave de acesso que permite consultar/capturar eletronicamente os dados da NF-e através dos sites das Secretarias de Fazenda ou Portal Nacional da Nota Fiscal Eletrônica (www.nfe.fazenda.gov.br).

Para emissão da NF-e modelo 55 é necessário:

• Fazer o credenciamento como emitente de NF-e junto à SEFAZ de seu estado;

• Possuir certificado digital no padrão ICP-Brasil, contendo o CNPJ da empresa;

• Computador e impressora à LASER para papel A4;

• Ter acesso a internet via banda larga;

• Um software emissor de NF-e, por exemplo, um dos Sistemas da WSoft para o varejo ou atacado que incorpore o módulo correspondente.


Suporte Emergencial


Plantão Emergencial:

(11) 97038-7512 (TIM)
(11) 95354-0005 (Vivo)

Sábados: Das 09:00 as 12:00 e das 14:00 as 16:00 hs.
Domingos e Feriados: Das 09:00 as 12:00 hs.



Vantagens dos Sistemas

Fácil Instalação

A instalação é feita apenas no servidor. Nas estações basta mapear a rede e fazer o atalho. O próprio Sistema fará automaticamente toda a configuração de cada máquina ao ser carregado.


Exportação de Dados

Os Sistemas da WSoft geram relatórios nos formatos TXT e XLS.




Sistemas Intuitivos

De fácil aprendizado: Interfaces simples e intuitivas facilitam o aprendizado mesmo para pessoas com pouca ou nenhuma facilidade com a informática

Sistema de Automação Comercial

"Back-up" dos Dados

Oferecem opção para "back-up’s" externo em "pen drive" ou HD Externo, além de várias opções de "back-up’s" internos automáticos, sendo um deles mapeável para outra unidade de disco.


Treinamento

Cada licença dá direito a um treinamento para 3 pessoas nas instalações da WSoft em São Paulo-SP ou através de acesso remoto. O treinamento é ministrado individualmente para cada cliente.


Suporte Diferenciado

Esclarecimento de dúvidas via telefone ou acesso remoto composto por técnicos especializados que utilizam um sistema informatizado onde ficam registrados todos os históricos dos atendimentos.

Depoimentos

O que é SPED Fiscal?

Sped Fiscal (ICMS/IPI) é o nome dado ao processo de escrituração digital da Receita Federal chamado internamente de EFD (Escrituração Fiscal Digital). Com ele, a Receita Federal e os órgãos fazendários estaduais receberão dos contribuintes todas as informações que precisam sobre a apuração de ICMS e IPI.

A Escrituração Digital funciona da seguinte forma: a empresa deverá enviar mensalmente um arquivo digital contendo toda a escrituração de documentos fiscais e outras informações de interesse dos fiscos estaduais e da Secretaria da Receita Federal do Brasil, além de registros de apuração de impostos referentes às operações e prestações praticadas pelo contribuinte.

O que é SPED Contribuições?

O SPED CONTRIBUIÇÕES (PIS/COFINS) é um arquivo digital instituído no Sistema Público de Escrituração Digital - SPED, a ser utilizado pelas pessoas jurídicas de direito privado na escrituração da Contribuição para o PIS/Pasep e da Cofins, nos regimes de apuração não-cumulativo e/ou cumulativo, com base no conjunto de documentos e operações representativos das receitas auferidas, bem como dos custos, despesas, encargos e aquisições geradores de créditos da não-cumulatividade.

Os documentos e operações da escrituração representativa de receitas auferidas e de aquisições, custos, despesas e encargos incorridos, serão relacionadas no arquivo da SPED PIS/COFINS em relação a cada estabelecimento da pessoa jurídica.

A escrituração das contribuições sociais e dos créditos será efetuada de forma centralizada, pelo estabelecimento matriz da pessoa jurídica. O arquivo da SPED PIS/COFINS deverá ser validado, assinado digitalmente e transmitido, via Internet, ao ambiente Sped, até o 5º (quinto) dia útil do 2º (segundo) mês subsequente a que se refiram à escrituração.

Sistemas Específicos para Cada Ramo do Varejo, Atacado, Indústria e Área Médica

(11) 3672-7011

help@wsoftnet.com.br